‘Mundo deve privar Daesh do acesso à Internet’

© AFP 2022 / MARWAN IBRAHIMBandeira do grupo Daesh (Estado Islâmico) e fumaça ao fundo
Bandeira do grupo Daesh (Estado Islâmico) e fumaça ao fundo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O deputado da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), Oleg Nilov, propõe iniciar o processo de desligar da Internet os territórios que estão sob o controle do Daesh.

O deputado destacou que, através das suas atividades na Internet, os militantes do Daesh não somente mantêm ligações uns com os outros, fazem propaganda e recrutam pessoas, mas também realizam atividades financeiras.

“O desligamento dos terroristas do Daesh da Internet será uma medida eficiente para lutar contra esta ameaça em todo o mundo”, afirmou Nilov no seu comunicado.

Em particular, o deputado esclareceu que os EUA têm tal possibilidade porque é neste país que estão os principais servidores DNS que distribuem endereços IP por todo o mundo.

Polícia francesa patrulha Paris em 23 de novembro, 2015 - Sputnik Brasil
Daesh publica vídeo com últimas palavras dos atacantes de Paris
Segundo Nilov, como tal, podem ser cortados da Internet países ou regiões inteiras. Tais situações já aconteceram.

O parlamentar lembrou que em 2014 Barack Obama disse que os EUA deviam responder de forma adequada às autoridades da Coreia do Norte que realizaram um ciberataque contra o estúdio de cinema Sony Pictures, em resultado do qual foram roubados dados corporativos do estúdio. Um pouco depois disso, a Coreia do Norte enfrentou intermitência no aceso à Internet e foi praticamente desligada da rede global.

Há que notar que os EUA ainda não deram passos neste sentido para contribuir para a luta contra o Daesh.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала