EUA desperdiçaram meio bilhão de dólares em projetos de mineração e energia no Afeganistão

© AFP 2022 / Johannes EiseleSoldados norte-americanos no Afeganistão
Soldados norte-americanos no Afeganistão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um estudo divulgado nesta quinta-feira pelo órgão Inspetor Especial Geral para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) revelou que os Estados Unidos gastaram quase meio bilhão de dólares em uma série de projetos de energia e mineração no país do Oriente Médio sem obter, praticamente, qualquer resultado.

Senador norte-americano John McCain - Sputnik Brasil
John McCain: EUA falharam e Afeganistão agora pede ajuda à Rússia
De acordo com o relatório, a Força-Tarefa para Negócios e Operações de Estabilidade do Departamento de Defesa (TFBSO) desembolsou a maior parte do dinheiro, incluindo uma quantia de US$ 215,4 milhões investida na extração de petróleo e minérios. 

"Depois de operar no Afeganistão por cinco anos, a TFBSO saiu com quase todos os seus projetos extrativos incompletos", diz o resumo do documento.

A auditoria examinou, entre outras coisas, os gastos referentes a pesquisas sísmicas, remoção de minas terrestres, consertos de gasodutos e expedições para perfuração de poços. Todos esses projetos foram considerados incompletos, inefetivos, insatisfatórios ou com alto risco de apresentar resultados negativos. 

O Congresso dos EUA criou a SIGAR com o objetivo de fiscalizar de maneira independente os trabalhos de reconstrução do Afeganistão, justamente para evitar desperdícios, fraudes e abusos, segundo o site oficial da organização.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала