Rússia bloqueia mais de 4,5 mil sites ligados ao terrorismo e extremismo

Nos siga noTelegram
O chefe da administração do presidente russo, Sergei Ivanov, disse que na Rússia foram fechados mais de 4,5 mil sites que incitavam ao extremismo.

Mais de 160 sites da Internet que coletavam dinheiro para grupos armados ilegais, inclusive os que operam na Síria, foram bloqueados na Rússia em 2015, disse Ivanov na terça-feira (12).

“Mais de 160 sites da Internet criados para coletar dinheiro e prestar apoio a grupos armados ilegais, inclusive a grupos terroristas na Síria, foram bloqueados. Este trabalho deve continuar”, disse Ivanov.

Moeda do Estado Islâmico. - Sputnik Brasil
Terrorismo de luxo: Daesh lança loja on-line
Segundo as autoridades, além disso, 4,5 mil sites que incitavam ao extremismo também foram fechados na Rússia em 2015.

Muitos governos, inclusive os da Rússia e dos EUA, têm apelado a impedir que as pessoas sejam radicalizadas através da Internet.

A ideia foi ecoada pelo porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, em dezembro de 2015.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала