Daesh reivindica ataque que deixou 18 mortos no Iraque

© AP Photo / STRMilitantes do Estado Islâmico (EI)
Militantes do Estado Islâmico (EI) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) reivindicou a autoria do ataque em Bagdá que deixou ao menos 18 mortos e fez mais dezenas de pessoas reféns em centro comercial na capital do Iraque.

Membros da Polícia Nacional do Iraque - Sputnik Brasil
Homens armados matam oito pessoas e fazem reféns em Bagdá
Foi relatado que os militantes explodiram um carro-bomba na região de al-Jadida, em seguida realizaram um tiroteio e entraram dentro do centro comercial, onde fizeram reféns. 

As autoridades estimam que cerca de 70 foram feitas reféns no centro comercial.

Segundo o porta-voz do Ministério do Interior iraquiano, as forças de segurança isolaram a área a invadiram o prédio, matando os homens armados e libertando os reféns. 

O Iraque vive atualmente uma tensão constante com a ameaça do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico), que ocupou parte do território do país. Os militantes desta organização realizam ataques e atentados, cujas vítimas são em sua maioria civis.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала