Reação em cadeia: Kuwait retira seu embaixador no Irã

© AP Photo / Saudi Arabian Press AgencyNesta foto fornecida pelo escritório da Agência Saudi Press, rei Salman de Arábia Saudita, à direita, recebe Emir do Kuwait Sabah Al Ahmed Al Sabah após sua chegada antes da abertura da cimeira do Conselho de Cooperação do Golfo, em Riad, na Arábia Saudita, terça-feira , 05 de maio de 2015
Nesta foto fornecida pelo escritório da Agência Saudi Press, rei Salman de Arábia Saudita, à direita, recebe Emir do Kuwait Sabah Al Ahmed Al Sabah após sua chegada antes da abertura da cimeira do Conselho de Cooperação do Golfo, em Riad, na Arábia Saudita, terça-feira , 05 de maio de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério das Relações Exteriores do Kuwait retirou o embaixador para o Irã por causa da disputa diplomática sobre a execução do clérigo xiita pela Arábia Saudita.

"O Ministério das Relações Exteriores convocou na terça-feira o embaixador do Kuwait no Irã no contexto das atividades desencadeadas, furiosas e de sabotagem levadas a cabo por um grupo dos manifestantes na embaixada saudita em Teerã e seu consulado em Mashhad”, comunicou a agência estatal de notícias do Kuwait (KUNA).

Capital do Bahrein, Manama - Sputnik Brasil
Bahrein anuncia ruptura das relações diplomáticas com Irã
A execução da Arábia Saudita de um clérigo xiita proeminente no sábado, juntamente com 46 outros condenados por crimes relacionados com o terrorismo, provocou uma série de protestos em vários países.

A edição citou uma fonte no Ministério das Relações Exteriores que disse que os ataques a missões diplomáticas violaram o compromisso do Irã de proteger missões diplomáticas no seu território ao abrigo de convenções internacionais.

Vice-ministro das Relações Exteriores iraniano, Hossein Amir-Abdollahian - Sputnik Brasil
Ruptura das relações diplomáticas ressuscita debate sobre execuções na Arábia Saudita
A morte de Sheikh Nimr al-Nimr provocou a indignação e manifestações em comunidades xiitas em toda a região. Os protestos tiveram lugar na província de maioria xiita da Arábia Saudita Oriental, bem como no Iraque e no Bahrein.

No domingo, uma multidão indignada invadiu a embaixada saudita em Teerã, incendiando o edifício antes de serem expulsos. Teerã prometeu fazer tudo o que estiver ao seu alcance para encontrar os responsáveis e levá-los à justiça.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала