Joseph Blatter e Michel Platini ficarão de fora do futebol até o final de 2023

© REUTERS / Arnd WiegmannNotas são atiradas sobre o presidente da FIFA, Joseph S. Blatter, em 20 de julho de 2015
Notas são atiradas sobre o presidente da FIFA, Joseph S. Blatter, em 20 de julho de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da FIFA, Joseph Blatter, e o presidente da UEFA, Michel Platini, que já estavam preventivamente suspensos ficarão afastados do futebol por oito anos. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (21) pelo Comitê de Ética da federação internacional.

“A câmara decisória do Comitê de Ética, presidido pelo Sr. Hans Joachim Eckert, proibiu o Sr. Joseph S. Blatter, presidente da FIFA, por oito anos e o Sr. Michel Platini, Vice-Presidente e membro do Comitê Executivo da FIFA e presidente da UEFA, por oito anos de todas as atividades relacionadas ao futebol (administrativa, esportiva ou outra) em nível nacional e internacional. As proibições entram em vigor de imediato”, diz o comunicado de imprensa.

Sede da Fifa. - Sputnik Brasil
Cinco candidatos são aprovados para concorrer à presidência da FIFA
O órgão entendeu que os dois não conseguiram justificar a transação que resultou no pagamento em 2011 de 2 milhões de francos suíços (R$ 8 milhões) de Blatter a Platini por, segundo os dirigentes, serviços prestados entre 1998 e 2002. Eles também foram multados, o primeiro em 50 mil francos suíços (R$ 200 mil) e o segundo em 80 mil francos suíços (320 mil).

Blatter e Platini ainda podem recorrer da decisão ao Comitê de Apelação da própria entidade ou ao Tribunal Arbitral do Esporte, desde que haja autorização da FIFA. A expectativa é de que o processo corra em regime de urgência uma vez que as apresentações das candidaturas para as eleições à presidência da federação internacional devem ser feitas até o dia 26 de janeiro. O pleito acontecerá exatamente um mês depois.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала