Fallout? Forças de Assad alvejam militantes na cidade meio-abandonada de Aleppo

© AP Photo / Manu BraboDistrito de Saif Al Dawla, em Aleppo, Síria
Distrito de Saif Al Dawla, em Aleppo, Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma ofensiva em massa foi alegadamente iniciada pelo exército sírio na província de Aleppo, no norte do país. Segundo a agência de notícias iraniana, dezenas de terroristas já foram mortos.

Um militante do Exército Livre da Síria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Exércitos da Síria fazem terroristas recuar
As fontes divulgam que as tropas sírias alvejaram terroristas do Daesh (também conhecido como “Estado Islâmico”) em al-Lairmoun al-Shayhan, assim como em torno dos bairros de Karam al-Tarab e Suleiman al-Halabi na cidade de Aleppo, sacudida pela guerra e quase deserta. Lembramos que antes da guerra Aleppo, com dois milhões de habitantes, foi a segunda maior cidade da Síria e o maior centro econômico do país.

Além disso, as forças governamentais destruíram as posições dos militantes na aldeia de Mansoura, situada ao oeste de Aleppo, e a área de al-Mallah, ao norte da cidade.

A ofensiva vem logo após ataques aéreos da Força Aérea síria contra bastiões dos militantes no bairro de Bani Zaid em Aleppo e as cidades de al-Bab e Dayr Hafir contoladas pelo Daesh nas áreas rurais da província de Aleppo.

Adicionalmente os ataques aéreos sírios alvejaram posições terroristas em Jarouf, Ein al-Beida, al-Bab e Anadan na província de Aleppo.

Presidente russo, Vladimir Putin, faz resumo da atuação do Ministério da Defesa em 2015 - Sputnik Brasil
Putin faz resumo da atividade do Ministério da Defesa russo em 2015
Mais cedo nesta semana as forças governamentais da Síria contra posições reforçadas do Daesh perto da povoação de al-Hamira em Aleppo e finalmente conseguiram os repelir após horas de confrontos violentos.

Além dos esforços antiterroristas do exército sírio vem a campanha aérea russa que iniciou em 30 de setembro quando mais de 50 aviões de combate russos, inclusive Su-24M, Su-25 e Su-34 iniciaram ataques de alta precisão contra as posições do Daesh na Síria após pedido do presidente sírio, Bashar Assad.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала