Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Bashar Assad: Estado Islâmico não nasceu na Síria

Nos siga no
O presidente sírio, Bashar Assad, afirmou em entrevista à emissora italiana RAI, na quarta-feira (18) que seu país não é a incubadora do Estado Islâmico. Ele afirmou que o grupo jihadista nasceu no “Iraque e, antes disso, no Afeganistão” e culpou o Ocidente pelo surgimento da facção terrorista.

“A Daesh (Estado Islâmico, em árabe) não tem uma incubadora natural, uma incubadora social, na Síria”, disse Assad.

Presidente russo Vladimir Putin encontra-se com o líder da Síria Bashar Assad em 30 de outubro 2015, em Moscou - Sputnik Brasil
Assad: Vladimir Putin é o único defensor da civilização cristã em quem se pode confiar
O líder do país árabe destacou que a afirmação do ex-primeiro-ministro britânico, Tony Blair, de que a guerra do Iraque ajudou a criar o Estado Islâmico, seria a prova mais importante de que o grupo jihadista não nasceu na Síria.

Assim como fez no último final de semana, em entrevista à revista francesa Valeurs Actualles, Assad voltou a falar sobre a transição política na Síria. Ele defendeu ser impossível se fazer um calendário de transição enquanto partes do país estiverem sob o domínio de grupos terroristas. No entanto, se mostrou esperançoso na expulsão dos extremistas em um ano e meio ou dois anos e assim começar o processo eleitoral.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала