National Interest: 'China pode vencer os EUA no ar'

© AFP 2022 / Johannes EiseleA Chinese J-31 stealth fighter performs at the Airshow China 2014 in Zhuhai, south China's Guangdong province on November 11, 2014
A Chinese J-31 stealth fighter performs at the Airshow China 2014 in Zhuhai, south China's Guangdong province on November 11, 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força Aérea da China aumentou seu potencial e pode desafiar os EUA, escreve nesta quarta-feira a revista americana "The National Interest", citando um documento da RAND Corporation.

Navios de guerra dos EUA no Mar do Sul da China - Sputnik Brasil
Pequim: Washington não deve se meter em disputa no mar do Sul da China
"Ainda que os Estados Unidos mantenham uma capacidade incomparável no ar, a modernização da Força Aérea chinesa, junto com as dificuldades inerentes a operações na região asiática, faz com que seja cada vez mais difícil para os EUA conquistar superioridade aérea nos primeiros dias ou semanas de um possível conflito com a China", diz o texto.

O documento aponta que a China, embora ainda esteja atrás dos EUA no que diz respeito à quantidade total de material bélico e às capacidades operacionais, aumentou seu poderio eu muitas áreas importantes.

Durante as últimas duas décadas, a China modernizou sua Força Aérea e desenvolveu rapidamente seu poderio militar.

"A China pode desafiar o domínio aéreo e naval dos EUA no início de um conflito distante de regiões continentais e provocar perdas significativas às forças americanas", indicam os analistas que avaliaram a relação de forças entre ambas potências em 1996, 2003, 2010 e 2017.

Os especialistas analisaram sempre dois cenários: uma invasão chinesa a Taiwan e um confronto com os EUA pelas Ilhas Spratly.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала