Acidente aéreo no Sudão do Sul mata 39 pessoas de diferentes países

© AFP 2022 / CHARLES LOMODONGLocal da queda do avião de carga An-12 no Sudão do Sul
Local da queda do avião de carga An-12 no Sudão do Sul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um total de 39 pessoas, entre elas uma de nacionalidade russa e cinco de nacionalidade armênia, morreram nesta quarta-feira na sequência da queda de um avião de carga An-12 perto do aeroporto de Juba, no Sudão do Sul.

Um An-12 russo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Há mortos em acidente aéreo de avião russo no Sudão do Sul
O jornal South Sudan Tribune foi o primeiro a informar sobre a queda do avião a 800 metros da pista de decolagem do aeroporto de Juba. De acordo com esta fonte, a aeronave estaria transportando 50 pessoas.

A Agência Federal dos Transportes da Rússia, Rosaviatsia, afirmou que o avião não estava registrado na Rússia, nem a tripulação prestava serviço militar.

Procurada pela Sputnik, a missão das Nações Unidas no Sudão do Sul declarou que o avião não lhe pertencia.

A representação da ONU no país afirmou que está prestando ajuda na operação de busca no local do acidente.

Depois soube-se, através de uma fonte no governo do Sudão do Sul, que o An-12 pertencia à Allied Services, uma transportadora aérea local.

A Antonov, empresa que fabrica os aviões An, tem a sua sede na Ucrânia. Esta é a única construtora de aviões ucraniana, e o seu principal parceiro é a Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала