Egito aponta falha técnica como motivo da queda do A321

© Maxim Grigoryev / Abrir o banco de imagensAirbus A321 crash site in Egypt
Airbus A321 crash site in Egypt - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Tudo indica que a catástrofe do A321 foi provocada por uma falha técnica, declarou o porta-voz do governo egípcio, Hossam al Kawish à rede al Hayat.

Assentos dos passageiros no local da queda da aeronave russa Airbus A321 no Egito - Sputnik Brasil
Explosão a bordo do A321 aconteceu antes da colisão com terra
"Dados de satélites de Rússia e Estados Unidos excluíram a possibilidade de um acidente provocado por atentado. Tudo indica que o avião caiu por uma falha técnica", assegurou. 

O avião Airbus A321 da empresa russa Kogalymavia, que voava de Sharm el Sheikh, no Egito, a São Petersburgo se acidentou no dia 31 de outubro na península egípcia do Sinal. 

Os 217 passageiros e sete tripulantes que se encontravam a bordo morreram no acidente — o pior da história da aviação russa.

Mais cedo, também nesta terça-feira, foi concluída a operação de resgate no local do acidente. "O governo egípcio deposita suas esperanças no conteúdo das caixas pretas que registram informações do equipamento e as conversas da tripulação", disse o porta-voz.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала