Estado Islâmico executa mais de 200 militantes que se preparavam para desertar

© AP Photo / albaraka_news, FileMilitantes do Estado Islâmico
Militantes do Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) informaram nesta quinta-feira (29) que o Estado Islâmico executou mais de 200 de seus militantes na Síria há três dias. Eles pretendiam desertar do grupo jihadista e iriam ingressar nas fileira da Frente al-Nusra, ligada a Al-Qaeda.

Figuras desenhadas por simpatizantes do Estado Islâmico em Tikrit, no Iraque, em 1 de abril de 2015 - Sputnik Brasil
Estado Islâmico treina batalhão de mulheres-bomba
Segundo a ONG com sede em Londres, eles foram enforcados e os corpos teriam sido jogados em uma depressão natural transformada pelo Estado Islâmico em vala comum. O OSDH destacou que os militantes mortos trocariam de grupo terrorista por questões ideológicas, entendendo que os jihadistas estariam errados.

Um outro grupo de aproximadamente 21 militantes foi detido pelo Estado Islâmico se preparando para fugir dos confrontos em torno da base aérea de Kwayres, em Aleppo. O Exército sírio tem obtido seguidas vitórias em combates nesta região do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала