Justin Trudeau será empossado no cargo de primeiro-ministro do Canadá em 4 de novembro

© REUTERS / Chris WattieCanada's Liberal leader and Prime Minister-designate Justin Trudeau leaves at the conclusion of a news conference in Ottawa, Ontario, October 20, 2015
Canada's Liberal leader and Prime Minister-designate Justin Trudeau leaves at the conclusion of a news conference in Ottawa, Ontario, October 20, 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A posse do novo primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, foi marcada para o dia 4 de novembro.

Ex-professor e filho de um ex-primeiro-ministro, Trudeau foi eleito nas eleições desta segunda-feira (19) após campanha surpreendente em que fez promessas ousadas. Na plataforma de campanha, ele defendeu um deficit orçamentário de três anos para financiar projetos de infraestrutura. A data da posse foi publicada pelo jornal canadense Huffington Post.

Bandeiras do Canadá - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Canadá não exigirá mais visto para brasileiros
Justin Trudeau, de 43 anos, que começou a campanha em terceiro lugar nas pesquisas, derrotou o então primeiro-ministro conservador, Stephen Harper.

O primeiro-ministro eleito foi professor de francês e matemática antes de começar a carreira política. Trudeau tem 43 anos e vai voltar para a residência oficial onde morou quando era criança. O pai dele, Pierre Trudeau, governou o Canadá durante 16 anos.

Na campanha, o novo primeiro-ministro fez uma lista de promessas ousadas como implementar limites de emissões de carbono, legalizar o uso de maconha e facilitar o processo de imigração para o país. Trudeau prometeu também receber 25 mil refugiados sírios. O então candidato se comprometeu ainda a retirar as tropas canadenses da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, que luta contra o grupo radical Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

Na economia, o Partido Liberal prometeu reverter as políticas neoliberais impostas pelo governo conservador. Justin Trudeau propõe executar um orçamento com três anos de deficit para investir em infraestrutura e estimular a economia, que sofre com a queda do preço do petróleo.

A promessa é ter deficit abaixo de 10 bilhões de dólares canadenses, por ano fiscal, e reequilibrar o orçamento em 2019, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала