Rússia e China planejam desenvolver mercado global de energia nuclear

© AP Photo / Francois MoriUsina nuclear de Belleville-sur-Loire, na França
Usina nuclear de Belleville-sur-Loire, na França - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-primeiro ministro da Rússia, Dmitry Rogozin, disse nesta terça-feira (13) que Moscou e Pequim vão desenvolver a cooperação bilateral no setor de energia nuclear em outros países, segundo informou a Rádio Internacional da China.

A declaração foi feita durante a segunda Exposição China-Rússia, evento realizado em Harbin, capital da província chinesa de Heilongjian.

"Não estamos falando apenas de mais interação em território chinês. Nós também planejamos a incursão em mercados de países terceiros, em termos de construção de unidades de energia", disse Rogozin, conforme citado pela rádio.

Altas Aventuras: Lendas da aviação civil russa - Sputnik Brasil
Rússia e China continuam a cooperar na aviação civil
De acordo com Rogozin, os dois países já estão elaborando um quadro jurídico adequado para o objetivo comum.

"Há uma séria compreensão acerca da necessidade de concluir um acordo abrangente sobre a cooperação no setor nuclear, que abrange toda uma série de projetos", acrescentou o vice-premiê.

No início deste ano, o vice-diretor da Corporação Nacional Nuclear da China, Zhu Jicai, destacou Moscou como parceiro fundamental de Pequim no que diz respeito à utilização pacífica da energia atômica.

Yuan - Sputnik Brasil
China lança sistema de pagamento internacional em iuanes
Ele disse ainda que os dois países estão desenvolvendo com êxito vários projetos comuns no setor, citando como exemplo a Usina de Energia Nuclear de Tianwan, situada na província de Jiangsu.

Construída pela empresa russa Atomstroyexport, a usina chinesa foi reconhecida pela Agência Internacional de Energia Atômica como a central nuclear operacional mais segura do mundo. Os dois lados consideram atualmente a construção de novas unidades de energia para a instalação de Tianwan, bem como a construção de uma central nuclear em Harbin.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала