EUA: teste de míssil do Irã viola regras do Conselho de Segurança da ONU

© Foto / Youtube/ ali javidIran "Emad" ballistic missile with high precision guidance and control systems till reach its target
Iran Emad ballistic missile with high precision guidance and control systems till reach its target - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os testes iranianos de um novo míssil balístico de longo alcance, realizados no último fim de semana, violam as atuais resoluções do Conselho de Segurança da ONU, afirmou nesta terça-feira o secretário de imprensa da Casa Branca, Josh Earnest.

Sistema S-300 de defesa aérea - Sputnik Brasil
Acordo de fornecimento de sistemas russos S-300 ao Irã não tem mais obstáculos
"Temos fortes indícios de que esses testes de mísseis violaram, de fato, resoluções do Conselho de Segurança da ONU que dizem respeito a atividades de mísseis balísticos", afirmou Earnest em um encontro com a imprensa.

O secretário disse ainda que "não é coincidência" que uma decisão de conduzir testes de mísseis balísticos foi tomada pouco depois de o parlamento iraniano concordar com o acordo nuclear.

Earnest apontou, contudo, que as supostas violações são um tema separado em relação ao acordo sobre o programa nuclear iraniano, alcançado em julho com o grupo P5+1, formado por EUA, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha.

"Observamos que o Irã, nos últimos anos, mostrou um histórico de cumprir os acordos feitos no campo das conversas nucleares."

No último domingo, o ministro da Defesa do Irã, Hossein Dehghan, afirmou que o país testou o primeiro míssil de longo alcance terra-terra Emad (Pillar) que pode ser dirigido e controlado até atingir seu alvo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала