Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Federação Russa de Basquete elege ex-astro das quadras para acabar com a crise no esporte

© Sputnik / Alexey Filippov / Abrir o banco de imagensO ex-jogador Andrei Kirilenko (à dir.) foi cumprimentado pelo presidente do Comitê Olímpico Russo, Alexander Zhukov, depois de vencer as eleições na Federação Russa de Basquete.
O ex-jogador Andrei Kirilenko (à dir.) foi cumprimentado pelo presidente do Comitê Olímpico Russo, Alexander Zhukov, depois de vencer as eleições na Federação Russa de Basquete. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O basquete da Rússia deu um importante passo para acabar de vez com os problemas que vem enfrentando ultimamente. O ex-astro do CSKA Moscou e da NBA Andrei Kirilenko foi eleito presidente da Federação Russa, depois que o outro candidato Dmitry Domani desistiu da disputa.

Alexey Shved é um dos craques do basquete russo. - Sputnik Brasil
FIBA flexibiliza punição e Rússia poderá disputar vaga na Olimpíada do Rio de Janeiro
A eleição pôs fim a um problema que por muito pouco não tirou da Rússia a possibilidade de disputar a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016. A Federação Internacional de Basquete (FIBA) chegou a suspender as equipes do país das competições que promove por conta de uma briga pessoal judicial pela presidência da Federação Russa.

A decisão da entidade mundial impossibilitaria a seleção masculina da Rússia de disputar a EuroBasket 2015, que classifica as equipes europeias para os Jogos Olímpicos. No entanto, o ministro dos Esportes russo, Vitaly Mutko, interferiu no problema, negociou o levantamento da suspensão e organizou uma nova eleição na federação nacional.

Andrei Kirilenko encerrou sua carreira em junho, aos 34 anos. Ala-pivô de 2,06m, começou a jogar no Spartak São Petersburgo, mas se transferiu para o CSKA Moscou com 17 anos. Ele brilhou no clube russo e em times da NBA, como Utah Jazz, Minnesota Timberwolves e Brooklyn Nets. Pela seleção russa, conquistou o título da EuroBasket em 2007 e a medalha de bronze na Olimpíada de Londres em 2012. Seu apelido era AK-47, em alusão ao lendário fuzil Avtomat Kalashnikov. Ostentava o mesmo número nas camisas das equipes que atuou.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала