EUA revisam plano de defender a Coreia do Sul

© AP Photo / Dita AlangkaraNorth Korean soldiers stand guard prior to a reunification rally in the border village of Panmunjom at the DMZ in North Korea, Saturday, Aug. 15, 2015.
North Korean soldiers stand guard prior to a reunification rally in the border village of Panmunjom at the DMZ in North Korea, Saturday, Aug. 15, 2015. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Departamento de Defesa americano reviu sua estratégia de proteger a Coreia do Sul após as tensões na fronteira com a Coreia do Norte.

O tanque norte-americano M1A2 durante exercícios conjuntos dos EUA e a Coreia do Sul na cidade fronteiriça de Yeoncheon, a nordeste de Seul, em 30 de maio de 2013 - Sputnik Brasil
EUA e Coreia do Sul interrompem exercícios militares
Oficiais dos EUA viram a resposta de Pyongyang como uma séria ameaça e já iniciaram uma série de reuniões urgentes com seus colegas sul-coreanos, informou a CNN nesta segunda-feira.

Imagens de satélite revelam que a Coreia do Norte ativou radares de defesa aérea, posicionou artilharia adicional perto da zona desmilitarizada e movimentou cerca de 1/3 de sua flotilha costeira, segundo relatos da imprensa local.

A mídia sul-coreana informou, nesta segunda-feira, que Seul e Pyongyang chegaram a um acordo para reduzir a tensão na fronteira.

Na última quinta-feira, a Coreia do Norte realizou disparos na direção de uma base militar sul-coreana por causa de mensagens supostamente de propaganda anti-norte-coreana que vinham sendo transmitidas por alto-falantes do país vizinho na direção da fronteira. Seul respondeu com dezenas de disparos de artilharia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала