- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Dólar fecha em alta pelo quinto dia consecutivo, batendo a marca de R$ 3,50

Nos siga noTelegram
Em alta pelo quinto dia seguido, a moeda norte-americana voltou a fechar no nível mais alto em 12 anos. O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (5) vendido a R$ 3,489, com alta de R$ 0,025 (0,72%), na maior cotação desde 10 de março de 2003 (R$ 3,525).

Ministro da Fazenda, Joaquim Levy - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Joaquim Levy: dólar é flutuante e permanece flutuante
No início da sessão, o dólar chegou a operar em queda, mas subiu nas horas seguintes e chegou a passar de R$ 3,50. A divisa acumula alta de 1,9% em agosto e de 31,2% em 2015. Em cinco sessões, a moeda norte-americana acumulou alta de 4,8%.

Desde que a equipe econômica anunciou, há duas semanas, a redução para 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) da meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública), o dólar passou a subir. Segundo economistas, a possibilidade de o país perder o grau de investimento das agências de classificação de risco tem pressionado o câmbio.

O dólar subiu apesar da divulgação de dados fracos nos Estados Unidos. O setor privado norte-americano criou 185 mil empregos em julho, o número mais baixo em três meses e abaixo dos 215 mil postos de trabalho esperados pelos analistas. Os números relativos a junho foram revistos em baixa e passaram para 229 mil em vez dos 237 mil inicialmente anunciados, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала