Rússia lança projeto educacional no golfo Pérsico

© MePHIProjeto de universidade russa será inaugurado no Bahrein
Projeto de universidade russa será inaugurado no Bahrein - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Engenheiros e investigadores do Centro de Engenharia da Universidade Russa de Investigação Nuclear do Instituto MePHI vão ensinar eletrônica a alunos da zona do Golfo Pérsico.

A Universidade Russa de Investigação Nuclear do Instituto MePHI participa, desde 2013, do projeto educacional “Vamos Criar Juntos”, no quadro do qual engenheiros e professores desenvolvem novos métodos de ensino e organizam clubes de ciências e tecnologias para os alunos das escolas. A experiência positiva destes centros de experimentação tecnológica para jovens, a funcionar em Moscou, já foi adotada por escolas de outras regiões da Rússia, Cazaquistão e Bielorrússia. De maneira a divulgar este projeto educacional em outros países, os especialistas do Centro de Engenharia da Universidade Russa de Investigação Nuclear desenvolveram uma solução compacta: o kit eletrônico Voltio.

"Escolhemos tarefas e aulas para alunos de diferentes níveis. Alguns trabalhos são destinados a ser utilizados em aulas na escola, outros para experimentos individuais. Já fizemos a adaptação com sucesso do kit eletrônico e dos métodos de ensino em várias escolas da capital do Bahrein, Manama", diz o diretor do Centro de Engenharia, Dmitry Mikhailov.

© MePHIMePHI inaugurará seu projeto educativo no Bahrein
MePHI inaugurará seu projeto educativo no Bahrein - Sputnik Brasil
MePHI inaugurará seu projeto educativo no Bahrein

Entre 26 julho e 27 agosto de 2015, o projeto será apresentado em todas as escolas e centros educacionais da região na maior exposição educacional Youth City 2030, que será realizada em Manama.

"Agora estamos a lançar as bases para a futura cooperação científica e tecnológica de longo prazo com outros países. Os intercâmbios educacionais permitirão que uma nova geração de engenheiros na Rússia e nos países-parceiros falem a "mesma língua", diz Dmitry Mikhailov.

© MePHIA instituição já testou o kit eletrônico e os métodos de ensino no local, em Manama
A instituição já testou o kit eletrônico e os métodos de ensino no local, em Manama - Sputnik Brasil
A instituição já testou o kit eletrônico e os métodos de ensino no local, em Manama

Segundo o dirigente do Centro de Engenharia da Universidade Russa de Investigação Nuclear, os países BRICS, que estão desenvolvendo um programa de inovação e crescimento tecnológico, também estão mostrando interesse no projeto, estando prontos para introduzir estes kits nas escolas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала