Interpol tenta impedir leilão de quadro de pintor russo roubado há 18 anos

© Reprodução"Anoitecer no Cairo", de Ivan Aivazovsky
Anoitecer no Cairo, de Ivan Aivazovsky - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério do Interior da Rússia informou neste sábado (30) que a Interpol pediu a polícia britânica para impedir o leilão do quadro “Anoitecer no Cairo”, do pintor russo Ivan Aivazovsky, marcado pela casa Sotheby’s para o dia 2 de junho.

A tela, avaliada entre US$ 2 milhões e US$ 3 milhões, teria sido roubada da coleção de um cidadão de Moscou em 1997. O quadro é um dos mais valiosos entre os que serão colocados em leilão pela casa britânica. A Sotheby’s alega que não há registros oficiais na base de dados de obras roubadas sobre o “Anoitecer no Cairo”.

Ivan Aivazovsky é um dos mais importantes pintores da escola romântica. De ascendência armênia, viveu entre 1817 e 1900 ficando célebre por pintar paisagens, sobretudo marítimas. O artista russo produziu mais de 6 mil obras, entre elas “Nona Onda”, de 1850, sua mais famosa tela.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала