Rússia e China podem formar 'parceria continental eurasiática'

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensRelações sino-russas
Relações sino-russas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-chanceler russo, Igor Morgulov, declarou que a Rússia e a China estão indo na direção de formar uma parceria continental que incluirá a cooperação entre rota de comércio Oriente-Ocidente de Pequim junto com União Econômica Eurasiática, liderada por Moscou.

"A partir de 2010, a China afirmou-se como o principal parceiro comercial da Rússia", disse Morgulov durante uma conferência internacional em Moscou, acrescentando que espera que esta tendência continue.

In this Nov. 7, 2012 photo, U.S. and Chinese national flags are hung outside a hotel during the U.S. Presidential election event, organized by the U.S. embassy in Beijing - Sputnik Brasil
Gigante asiático levanta-se: China defende seus interesses face aos EUA
A conferência intitulada “Rússia e China: Nova Parceria em um Mundo em Mudança” tratou dos planos para conectar a integração econômica da Eurásia e a iniciativa de Pequim de criar uma moderna rota de comércio.

"Esta é uma perspectiva extremamente importante para a futura cooperação", disse o vice-ministro. Morgulov lembrou que os líderes da Rússia e da China assinaram uma declaração conjunta sobre o reforço da parceria sino-russa. 

"Este é um grande passo no sentido de conectar duas iniciativas importantes e combinar nossas forças ao longo do caminho estratégico", disse ele.

"Estamos falando de fato sobre a formação de uma espécie de uma parceria continental euroasiática que incluiria os países da União Econômica da Eurásia e a China", acrescentou o diplomata. 

O novo bloco político e econômico da União Econômica Eurasiática, liderado pela Rússia, começou a operar em janeiro, substituindo a Comunidade Econômica da Eurásia, que cessou oficialmente de existir em outubro. A união inclui a Rússia, Bielorússia, Cazaquistão, a Armênia e o Quirguistão.

Projeto de integração com a China tem como objetivo reavivar uma antiga rota de comércio chinesa e construir um corredor de transporte, energia e comércio entre Europa e Ásia.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала