Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Em meio ao escândalo, FIFA realiza eleições para a presidência da entidade na sexta-feira

© AP PhotoFIFA logo
FIFA logo - Sputnik Brasil
Nos siga no
Em meio a denúncias de corrupção e prisão de seus sete dirigentes, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) elege nesta sexta-feira, 29 de maio, o próximo presidente da entidade.

FIFA - Sputnik Brasil
EUA usam escândalo de corrupção na FIFA em seus próprios interesses
A eleição será realizada em Zurique, na Suíça, onde ocorreram as detenções. A disputa entre o atual mandatário, suíço Joseph Blatter e o príncipe jordaniano Ali Bin Al Hussein, promete ser acirrada. 

Nesta quinta-feira, a Federação de Futebol dos EUA (US Soccer) anunciou seu voto em Ali Bin Al Hussein. A votação é secreta mas os EUA, assim como a Inglaterra, optaram por abrir o voto.

"A US Soccer vai votar no príncipe Ali Bin Al Hussein para ser o próximo presidente da Fifa. Este é um voto pela boa governança e comprometimento com o nosso esporte", postou no Twitter o presidente da entidade, Sunil Gulati. De acordo com ele, o Canadá também vai votar no único candidato de oposição ao suíço Joseph Blatter.

O atual mandatário da Fifa é favorito à reeleição para seu quinto mandato, mas desde que o escândalo estourou, na manhã de quarta-feira, tem crescido o número de descontentes. Participam das eleições 209 membros e, até terça-feira, a vitória de Blatter era dada como certa.

O presidente da União das Federações Europeias de Futebol (Uefa), Michel Platini, pediu a demissão de Blatter. Ele disse que “a maioria das associações” vinculadas à Uefa vai votar no candidato adversário. Já a Confederação Asiática de Futebol reiterou seu apoio ao atual presidente da Fifa.

Logo da FIFA no QG da empresa em Zurique, na Suíça - Sputnik Brasil
Guerra de informação contra a FIFA continua
A Confederação Asiática (AFC), que tem 46 votos, fechou questão pela candidatura de Blatter e, nesta quinta-feira, emitiu comunicado para deixar claro que não mudou de opinião. A Conmebol (América do Sul) e a OFC (Oceania), que têm 10 e 11 membros, respectivamente, também haviam anunciado que votariam em bloco no suíço. Como a votação é secreta, espera-se deserções.

A eleição ocorre durante o 65º Congresso da entidade, que começou oficialmente nesta quinta-feira, em Zurique. Nesta sexta-feira, a reunião deve começar às 9h30 (horário local, 4h30 em Brasília) e a eleição está prevista para ocorrer durante a tarde, pela hora local, segundo informações do site da entidade.

Na última quarta-feira, 27 de maio, uma operação do FBI em conjunto com autoridades suíças prendeu sete dirigentes do futebol que estavam em Zurique. Entre eles, o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала