Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia reforçará parceria com Emirados Árabes contra o Estado Islâmico

© AFP 2021 / YURI KADOBNOV / Abrir o banco de imagensO ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, mostra o caminho para o chanceler dos Emirados Árabes, Abdullah Bin Zayed Al Nahyan, durante encontro em Moscou nesta quinta-feira (28)
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, mostra o caminho para o chanceler dos Emirados Árabes, Abdullah Bin Zayed Al Nahyan, durante encontro em Moscou nesta quinta-feira (28) - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, disse nesta quinta-feira que a Rússia e os Emirados Árabes Unidos vão aumentar a cooperação na luta contra o terrorismo no Oriente Médio, região abalada pela crescente ameaça imposta pelo Estado Islâmico.

"Os atos do chamado Estado Islâmico são um desafio real para a estabilidade e a segurança no Oriente Médio e no Norte da África", destacou Lavrov durante entrevista coletiva ao lado do chanceler árabe Abdullah Bin Zayed Al Nahyan. A fim de combatê-lo, "Rússia e Emirados Árabes unirão forças no domínio antiterrorista sob o formato bilateral e também internacional", completou. 

Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama - Sputnik Brasil
Obama: aliados devem avaliar eficácia do apoio contra o Estado Islâmico

Conhecido por métodos brutais e espetaculares, que incluem até decapitações, o grupo extremista sunita Estado Islâmico continua conquistando importantes vitórias e expandindo territórios na Síria e no Iraque, apesar dos nove meses de bombardeios da coalizão militar liderada pelos Estados Unidos. Recentemente, a própria Casa Branca reconheceu que a operação americana e de seus aliados para eliminar a organização terrorista no Oriente Médio estava perto de um impasse e que o problema não poderá ser resolvido pela administração de Barack Obama. 

Na última quarta-feira, o embaixador da Síria em Moscou, Riad Haddad, chamou a atenção para a necessidade de se formar uma nova coalizão internacional apoiada pela Rússia para combater o Estado Islâmico. Segundo ele, as autoridades sírias já estariam organizando uma nova reunião na capital russa para discutir o problema. 

Militantes do EI marchando na Síria - Sputnik Brasil
Kremlin: EUA não conseguem impedir expansão do Estado Islâmico no Iraque e na Síria

Para a chancelaria russa, as ações norte-americanas contra o EI ainda não produziram os resultados desejáveis por conta dos duplos padrões utilizados por Washington, que permitem aos terroristas agir de maneira mais organizada e "não hesitar em perpetrar os crimes mais hediondos na realização do seu objetivo, a criação de um califado transfronteiriço em um vasto território de Damasco a Bagdá", segundo comunicado oficial. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала