Líder da Coreia do Norte cancela viagem a Moscou para a Parada da Vitória

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensKim Jong-un
Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O líder norte-coreano Kim Jong-un cancelou sua viagem a Moscou para participar da Parada da Vitória, no dia 9 de maio, na Praça Vermelha. Ele alegou a necessidade de permanecer no seu país para cuidar de assuntos domésticos. A informação foi divulgada pelo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, nesta quinta-feira (30).

Coreia do Norte - Pyongyang - Sputnik Brasil
Rússia e Coreia do Norte podem criar zonas econômicas especiais
“Kim Jong Un tomou a decisão de permanecer em Pyongyang, ele não pode participar de desfile do Dia da Vitória. Fomos informados pelos canais diplomáticos que isso tem a ver com assuntos domésticos, e essa é a sua decisão”, disse Peskov aos jornalistas. O porta-voz disse ainda que não havia reuniões previstas entre os líderes da Rússia e Coreia do Norte.

No início deste mês, assessor presidencial russo Yuri Ushakov disse que os planos do líder norte-coreano de participar das comemorações em Moscou havia sido confirmado e que as formalidades logísticas estavam em andamento.

A Rússia convidou uma série de líderes mundiais para participar da Parada da Vitória em Moscou na comemoração do 70º aniversário do triunfo sobre a Alemanha nazista na II Guerra Mundial. O chefe do Estado Maior do Kremlin, Sergei Ivanov, disse anteriormente que 26 chefes de Estados tinham confirmado a sua presença no desfile.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала