Unicef: mais de 150 crianças foram mortas ou feridas por minas terrestres na Ucrânia

Nos siga noTelegram
Pelo menos 42 crianças foram mortas e 109 foram feridas por minas terrestres e explosivos não detonados nas regiões Donetsk e Lugansk, no leste da Ucrânia, desde março do ano passado. A informação foi divulgada no Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

A instituição observou que os dados apresentados pelo governo ucraniano podem não refletir o número real de mortes de crianças por minas terrestres e engenhos explosivos não detonados no leste da Ucrânia. 

Segundo o relatório, "o número de crianças mortas e mutiladas por minas e engenhos explosivos não detonados seria significativamente maior se incluirmos as áreas não controladas pelo governo".

Exército da Ucrânia - Sputnik Brasil
RPD: Kiev desloca tanques e artilharia em direção a Donetsk
O UNICEF comentou também que as crianças correm maior risco com explosivos e minas terrestres, pois estas podem ser coloridas e pequenas o suficiente para que crianças possam pegar ou chutar. 

De acordo com comunicado, "as crianças poderiam ser atraídas para esses objetos, confundindo-os com brinquedos ou objetos de valor, o que pode resultar em tragédia". 

O UNICEF lançou uma campanha de educação sobre risco de minas terrestres em áreas afetadas na Ucrânia. O objetivo é levar informação a 500 mil crianças e suas famílias sobre o risco de exposição a minas terrestres.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала