Kosachev diz que situação ucraniana é resultado da interferência externa

© Sputnik / Александр Шалгин / Abrir o banco de imagensKonstantin Kosachev, presidente da Comissão de Assuntos Internacionais do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo)
Konstantin Kosachev, presidente da Comissão de Assuntos Internacionais do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O senador russo Konstantin Kosachev, presidente do Comitê de Assuntos Internacionais do Conselho da Federação, disse neste domingo que a atual situação verificada na Ucrânia é um exemplo claro de como Estados soberanos podem sofrer com a interferência externa.

Kosachev, que está participando da 132ª sessão da Assembleia da União Interparlamentar, em Hanoi, no Vietnã, confessou que embora a crise ucraniana não faça parte da agenda oficial desse encontro, o assunto deverá ser discutido pelos mais de 700 parlamentares de 127 países presentes no evento.

"O tópico geral para discussões é desenvolvimento sustentável. Mas eu vou mencionar a crise na Ucrânia no meu discurso. Não posso ignorar isso nas atuais condições. Mas vou falar sobre essa crise como um exemplo da inadmissível interferência estrangeira em assuntos internos de Estados soberanos", explicou o senador, se referindo às tentativas ocidentais de levar a Ucrânia para a OTAN e para a União Europeia sem garantir esperanças de adesão plena e atrapalhando a cooperação entre Kiev e Moscou.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала