Rússia e Cuba preparam projetos conjuntos de larga escala

© Sputnik / Oleg Lastochkin / Abrir o banco de imagensBandeira da Cuba
Bandeira da Cuba - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, disse que a Rússia e Cuba vão elaborar projetos nos setores de energia, transportes e infraestrutura civil, assim como nas áreas de biotecnologia, indústria farmacêutica, saúde e aviação civil.

Rússia e Cuba estão formulando projetos de larga escala nos setores de energia e aviação civil, disse nesta terça-feira o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, após se encontrar com o presidente de Cuba, Raúl Castro, e o ministro das Relações Exteriores do país, Bruno Rodríguez Parrilla.

"Alinhadas com as instruções dadas por nossos chefes de Estado, nossas agências governamentais vão certamente preparar projetos sérios e promissores nos setores de energia, transportes e infraestrutura civil, assim como nas áreas de biotecnologia, indústria farmacêutica, saúde e aviação civil", disse Lavrov.

Por sua parte, Raúl Castro sublinhou a "oposição" de Cuba às sanções unilaterais impostas pelos EUA e outros membros da OTAN contra a Rússia.

Além disso, o chanceler russo teve um encontro com o vice-presidente do Conselho de Ministros cubano, Ricardo Cabrisas.

"Vocês têm uns planos muito práticos para o desenvolvimento da infraestrutura econômica, há muitas companhias [russas] que já trabalham em Cuba e têm uma relação especial para seguir adiante", disse Lavrov durante esta reunião, citado pelo jornal espanhol El Diario.

O ministro Lavrov saudou a reaproximação entre os EUA e Cuba, anunciada pelo governo de Barack Obama no ano passado:

"Nós insistimos na nossa posição firme sobre a normalização das relações entre Cube e os EUA. Saudamos este processo e, ao mesmo tempo, apelamos a pôr fim  o mais rápido possível ao bloqueio comercial e financeiro ilegal de Cuba por parte dos Estados Unidos".

Sergei Lavrov reiterou também o apoio da Rússia à Venezuela. Disse, citado pelo RT, que "os povos da Rússia e de Cuba solidarizam-se com a Venezuela".

O chanceler russo anunciou também que a Rússia está aberta à cooperação com a CELAC (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos).

O ministro russo está efetuando uma visita de um dia a Cuba como parte de sua viagem pela América Latina, que também inclui Nicarágua, Colômbia e Guatemala.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала