Cientistas notam luzes estranhas em planeta anão

Nos siga noTelegram
Aparelho da NASA entrará na órbita de Ceres em 6 de março.

Os cientistas da NASA responsáveis pela missão não tripulada da espaçonave Dawn (Madrugada, em inglês), que está se aproximando do planeta anão Ceres, ficaram surpreendidos e intrigados ao ver dois pontos extremamente luminosos sobre a superfície do planeta.

As imagens tomadas em 19 de fevereiro, quando a Dawn estava a 46 mil km de Ceres, mostram claramente um ponto brilhante e perto dele outro, um pouco menos brilhante e menor em tamanho.

Anteriormente, a NASA havia obtido imagens que mostravam uma destas luzes, a maior. Mas naquelas fotos não se podia enxergar o segundo ponto.

"O ponto mais brilhante é ainda muito pequeno para que a nossa câmera possa distingui-lo, mas, não obstante o seu tamanho, é o mais brilhante na superfície de Ceres. É totalmente inesperado e continua sendo um mistério para nós", disse Andreas Nathues, responsável da equipe das câmeras do aparelho, do Instituto de Estudos do Sistema Solar Max Planck (Alemanha), citado pela NASA.

© NASA . JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDVesta fotografada em 3 de maio de 2011
Vesta fotografada em 3 de maio de 2011 - Sputnik Brasil
Vesta fotografada em 3 de maio de 2011
O orientador da missão, Chris Russell, da Universidade da Califórnia (EUA), sugere que o brilho pode ser resultado de atividade vulcânica, mas alerta que antes que a câmera se aproxime do planeta a uma distância suficiente para distinguir objetos, as versões não passam de especulações.

Antes de dirigir-se rumo a Ceres, o aparelho não tripulado Dawn tinha estudado o asteroide gigante Vesta.

Ceres, situado no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter, é classificado como planeta anão, como Plutão (que anteriormente tinha sido considerado pelos cientistas como um planeta normal).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала