Poroshenko ameaça Yanukovich com prisão se ele voltar à Ucrânia

© Sputnik / Sergei GuneevViktor Yanukovich
Viktor Yanukovich - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-presidente ucraniano Viktor Yanukovich, que foi colocado na lista internacional de pessoas procuradas, irá comparecer perante um tribunal se voltar para o país, declarou o Presidente atual da Ucrânia Pyotr Poroshenko.

"Posso dizer que estamos ansiosos à espera dele. Quanto mais cedo ele voltar, melhor será para a Ucrânia. Mas eu tenho certeza que seria melhor para ele. Ele, no melhor dos casos, seria o chefe do movimento de protesto na prisão", disse Poroshenko em declarações aos jornalistas este sábado, 21 de fevereiro.

O Presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko - Sputnik Brasil
Poroshenko assina decreto sobre o combate à "ameaça russa"
Yanukovich, que está na Rússia, anteriormente no sábado, deu uma entrevista ao canal de TV russo Pervy Canal, na qual afirmou que estava pronto para voltar à Ucrânia, caso surja essa oportunidade.

A Procuradoria-Geral da Ucrânia abriu mais de 30 casos penais contra Yanukovich e seu governo. As estruturas legais estão investigando todos os casos de violação da lei por Yanukovich durante o tempo da sua presidência, inclusive os tiroteios na praça de Independência (Maidan Nezalezhnosti) no inverno de 2014. A Ucrânia exige sua extradição pela Rússia.

A Suprema Rada (Parlamento) aprovou uma lei, segundo a qual Yanukovich foi privado do título de presidente da Ucrânia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала