Egito ataca militantes do EI na Líbia após execução de cristãos egípcios (VÍDEO)

© flickr.com / RA.AZCaça das Forças Armadas do Egito
Caça das Forças Armadas do Egito - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Aéreas do Egito efetuaram ataques contra as posições do Estado Islâmico na Líbia em resposta à execução de 21 cristãos egípcios por terroristas, informa a televisão estatal do Egito.

No domingo um site extremista que apoia o Estado Islâmico publicou em seu Twitter um vídeo mostrando a decapitação de 21 cristãos coptas egípcios sequestrados na Líbia.

Ao tomar conhecimento do vídeo, o presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, anunciou a convocação urgente do Conselho Nacional de Defesa, que reúne o primeiro-ministro, os ministros da Defesa e do Interior e comandantes das Forças Armadas.

Discursando por TV, o presidente egípcio disse que "o Egito tem o direto de responder em qualquer momento e maneira".

Além disso, Abdel Fattah al-Sisi declarou sete dias de luto nacional.

Mais tarde a agência Al Arabiya revelou que o ataque aéreo egípcio tinha sido coordenado com o exército da Líbia. "Egito e Líbia estão lutando uma guerra", disse à agência um oficial da Força Aérea líbia. O canal de TV Sky News Arabia por seu turno informou que entre 40 e 50 militantes do EI foram mortos na sequência do ataque. Além disso, foram destruídas cinco casas dos líderes dos terroristas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала