Poroshenko admite a possibilidade de referendo sobre federalização da Ucrânia

Pyotr Poroshenko em Munique
Pyotr Poroshenko em Munique - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A questão da federalização e autonomia das regiões do país deve ser decidida por um referendo nacional, disse o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko.

A questão da federalização e autonomia das regiões deve ser decidida por um referendo nacional, disse o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko aos jornalistas em Munique,

Após o golpe de Estado no país, em fevereiro de 2014, uma parte da população na região leste ucraniana não reconheceu a legitimidade do atual governo e declarou a independência. Em maio, Poroshenko teria afirmado que Ucrânia não se tornaria uma federação, mas que o governo admitia a ideia de descentralização. 

“Eu estou pronto para apresentar uma proposta de federalização, bem como a questão do idioma oficial. E eu já sei quais serão os resultados”, afirmou Poroshenko.

Poroshenko declarou em diversas ocasiões que a Ucrânia é, e continuará sendo, um estado unitário. Após a troca de poder, no ano retrasado, a população do leste do país passou a defender a federalização. O tema foi defendido por muitos políticos internacionais. No entanto, Kiev sempre relutou à admitir este cenário e, além disso, iniciou ações militares em Donbass. Como resultado disso, as regiões de Donetsk e de Lugansk declararam a independência. No presente momento, as autoridades das repúblicas autoproclamadas do leste ucraniano buscam o reconhecimento da sua independência e afirmam não ter mais interesse em federalização.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала