Lionel Messi caminha durante jogo da Argentina contra a Islândia na Copa do Mundo.

Islândia se defende bem, Messi decepciona e Argentina empata em Moscou

© AP Photo / Victor Caivano
Copa do Mundo 2018
URL curta
540

Quem esperava pouca emoção e que a Argentina venceria a Islândia com facilidade neste sábado (16) na Copa do Mundo teve uma grata surpresa com o desenrolar da partida.

Messi, Di Maria e Aguero não foram o suficiente para os argentinos vencerem a carismática seleção da Islândia na primeira partida do grupo D da Copa do Mundo.

O estádio Spartak, em Moscou, assistiu uma invasão da torcida argentina, que compareceu aos milhares para apoiar a seleção sul-americana, mas o apoio não resultado foi o empate.

Ainda no primeiro tempo a Argentina abriu o placar com gol de Aguero, mas em seguida sofreu o gol de empate pelos pés de Finnbogason.

O goleiro Halldórsson, da Islândia, defende penalti batido por Lionel Messi durante partida do grupo D da Copa do Mundo.
© AP Photo / Rebecca Blackwell
O goleiro Halldórsson, da Islândia, defende penalti batido por Lionel Messi durante partida do grupo D da Copa do Mundo.

Lionel Messi passou o tempo todo marcado e teve poucas chances de chutar contra o gol dos europeus. 

Na primeira metade do primeiro tempo, no entanto, o astro do Barcelona perdeu um penalti que poderia ter mudado a história do jogo. O goleiro Halldórsson defendeu a cobrança.

A Islândia marcou bem e manteteve uma defesa atenta e permanente, travando o ataque e a crescente pressão argentina, que chegou a ter mais de 70% de posse de bola.

A Argentina volta a campo na quinta-feira (21) contra a Croácia, em Nizhy Novgorod.  Já a Islândia enfrenta a Nigéria na sexta-feira (22) na cidade de Volgogrado.

Mais:

Mais uma previsão para a Copa? Lenda de futebol escocesa nomeia possíveis vencedores
Corajosa modelo russa se intitula a 'fã mais sexy' da Copa 2018 (FOTOS)
Copa do Mundo é chance para futebol reconquistar prestígio com o brasileiro
Cristiano Ronaldo é o nome do segundo dia da Copa (FOTOS)
Secar a Argentina na Copa não é pecado, diz padre brasileiro
Tags:
Islândia, Argentina
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik