Tite, novo técnico da Seleção Brasileira de Futebol

Neymar, não: principal arma do Brasil na Copa se chama Tite, diz ex-goleiro da Seleção

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Copa do Mundo 2018
URL curta
201

Não vai ser desta vez que Neymar será o nome do Brasil na Copa do Mundo. Pelo menos esta é a opinião do ex-goleiro da Seleção Brasileira Acácio, que disse à Sputnik Brasil que o técnico Tite é o maior diferencial do time brasileiro no Mundial.

Em entrevista à Sputnik Brasil, o ex-goleiro Acácio, que atuou no Vasco da Gama e na Seleção Brasileira, afirma o técnico Tite tem uma maneira de trabalhar diferencial. 

“O dedo do Tite será o nosso diferencial na Copa da Rússia. Não só na parte tática e técnica, mas, principalmente, pela forma de trabalhar. Ele não se preocupa só com os onze titulares, mas com todos. Isso é fundamental. Eu acho que o Brasil tem uma bela Seleção, mas tem também um comandante que todo mundo gosta e respeita”, defende Acácio Cordeiro Barreto, que aposta na conquista do hexacampeonato do Brasil na Rússia.. 

Goleiro da Seleção Brasileira nos anos 80 e 90, Acácio elogia o desempenho de Neymar e companhia na vitória por 3 a 0 no amistoso contra a Áustria, e ressalta a importância de uma boa impressão no jogo de estreia contra a Suíça, sexta colocada no ranking da FIFA. O adversário é classificado por ele como o mais difícil do Grupo E, que também conta com Costa Rica e Sérvia.

“É fundamental o Brasil estrear bem. Isso envolve várias coisas, principalmente o emocional. Por isso, é muito importante que o Brasil faça um jogo que encante o povo brasileiro. A Suíça vem fazendo uma campanha espetacular desde as eliminatórias. É fundamental que os jogadores mostrem logo na estreia para que vieram, mostrem que precisam ter respeito pelo time do Brasil”, enfatiza Acácio, que arrisca uma vitória brasileira por 2 a 1, com gols de Neymar e Gabriel Jesus.

Acácio também elogia a entrada do camisa 10 do Brasil como titular no último amistoso, ressaltando que, devido à recente recuperação de lesão no menisco, Neymar ainda deve pegar confiança ao longo da competição. O ex-jogador afirma, finalmente, que a Seleção nunca esteve tão bem quanto aos defensores do gol brasileiro: Alisson, Cássio e Enderson.

O Brasil desembarcou em Sochi, na madrugada desta segunda-feira, com 84% de aproveitamento no período pré-Copa, o melhor retrospecto desde 1970. Essa marca faz o time figurar entre os favoritos para vencer o Mundial. A partida de estreia da Seleção Brasileira será no domingo (17) contra a Suíça, às 15 horas, horário de Brasília, em Rostov-no-Don.

Mais:

Ronaldo Fenômeno e Robbie Williams participarão da cerimônia de abertura da Copa (VÍDEOS)
Chanceler da Alemanha considera viagem à Rússia na Copa
Belas e sortudas: as namoradas mais sexy dos melhores jogadores da Copa 2018
Copa do Mundo da Rússia: durante fim de semana Copacabana vira São Petersburgo
Tags:
Copa do Mundo Rússia 2018, seleção, Tite, Neymar, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik