Roberto Martínez, técnico da Bélgica, cumprimentando o treinador do Japão em Rostov-no-Don

Copa 2018: técnico da Bélgica diz que é preciso aceitar favoritismo brasileiro

© Sputnik / Aleksei Filippov
Notícias sobre a Copa do Mundo 2018
URL curta
271

Roberto Martínez, técnico espanhol da seleção belga, jogou para cima do Brasil o favoritismo no confronto da próxima sexta-feira, em Kazan, afirmando que a equipe brasileira é a mais forte na Copa do Mundo FIFA 2018.

"Quando você joga contra o Brasil, você precisa aceitar que eles são o melhor time da competição, você precisa aceitar o seu papel", declarou o treinador, citado pela AFP, após a Bélgica garantir vaga nas quartas de final. "Eles têm jogadores que podem decidir o jogo sozinhos, como Coutinho e Neymar", acrescentou. 

Brasil e Bélgica se classificaram para as quartas ao derrotar México e Japão, respectivamente, nesta segunda-feira. Enquanto o Brasil fez um jogo seguro e conseguiu uma vitória relativamente tranquila por 2 a 0 em Samara, os belgas sofreram contra os japoneses em Rostov-no-Don, tomando dois gols e só conseguindo a virada nos acréscimos do segundo tempo. 

"Quando nós estávamos perdendo de 2 a 0, tivemos aquele sentimento psicológico de 'ok, não temos nada a perder', o que nos libertou. É assim que vai ser contra o Brasil, exceto que poderemos sentir isso desde o primeiro segundo", declarou Roberto Martínez. 

Mais:

Segunda-feira amarela e vermelha: Brasil e Bélgica estão nas quartas de final da Copa
Alegria e reverência dão a cara da torcida brasileira nas oitavas da Copa
Tags:
futebol, Copa do Mundo, FIFA, Rússia, Japão, México, Bélgica, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik