Equipe da Arábia Saudita treinando para o jogo de estreia da Copa do Mundo, contra a Rússia

Técnico: Rússia sofrerá pressão extra contra Arábia Saudita na Copa

© Sputnik / Антон Денисов
Notícias sobre a Copa do Mundo 2018
URL curta
130

O técnico da seleção saudita, adversária da Rússia no primeiro jogo da Copa do Mundo FIFA, afirmou hoje que a equipe russa sofrerá um tipo de pressão adicional na partida de abertura da competição.

"Todos os times que vieram para a Rússia para o torneio estão sob sua própria pressão. Todos sentimos isso, e isso apenas nos mobiliza. O primeiro jogo coloca uma pressão adicional na nação sede, a equipe russa. Os outros times não devem sentir algo assim", disse Pizzi em conversa com jornalistas nesta quarta-feira, acrescentando que a Arábia Saudita tem grandes ambições no Mundial e pretende vencer a Rússia.

Mais cedo, em declarações ainda mais ambiciosas, o defensor Omar Hawsawi disse que o plano da seleção saudita é chegar até a final da Copa do Mundo de 2018.

"Precisamos fazer tudo o que pudermos para chegar primeiro à fase eliminatória da Copa do Mundo. Não é algo impossível para nós. Neste torneio, queremos chegar à final e faremos todo o possível para conseguir isso. Acho que nossos esforços serão recompensados. Vamos deixar a Arábia Saudita orgulhosa de nós", disse Hawsawi a repórteres.

Rússia e Arábia Saudita fazem o jogo de estreia da Copa na próxima quinta-feira no estádio Luzhniki, em Moscou. As duas equipes estão no Grupo A do Mundial, junto com Egito e Uruguai. 

Mais:

Putin sobre preparativos da Copa: Chefe da FIFA trata Rússia muito bem
Comitê Organizador da Copa: Rússia cumpriu todos os compromissos ao preparar o campeonato
Tags:
seleção, futebol, 2018, Copa do Mundo, FIFA, Omar Hawsawi, Juan Antonio Pizzi, Uruguai, Egito, Moscou, Arábia Saudita, Rússia
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik