Estádio Fisht em Sochi

Comitê Organizador da Copa: Rússia cumpriu todos os compromissos ao preparar o campeonato

© Sputnik / Nina Zotina
Notícias sobre a Copa do Mundo 2018
URL curta
0 0 0

A Rússia cumpriu todos os compromissos que assumiu após o país ter sido selecionado para sediar a Copa do Mundo de 2018, afirmou o presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo 2018, Aleksei Sorokin.

A Copa 2018 decorrerá pela primeira vez na Rússia e começará já amanhã (14) em Moscou com o jogo entre a Rússia e a Arábia Saudita.

"Acontece muitas vezes que, logo após receber o direito de sediar a Copa, um país começa a mudar algumas das condições. Quanto a nós, não violamos nenhum dos nossos compromissos. Cumprimos todos — entrada sem visto, transporte gratuito, construção de estádios", disse Sorokin em entrevista à Sputnik.

Ao mesmo tempo, Aleksei Sorokin sublinhou que só será possível ver todos os resultados do trabalho algum tempo depois do campeonato, pois as tarefas do Comitê iam muito além de organizar bem a Copa.

"Queremos mostrar nosso país de um lado absolutamente novo, deixar todos os visitantes com uma impressão inesquecível", comentou.

O diretor do Comitê Organizador também comentou as informações de que a Copa 2018 seria alegadamente a mais cara na história, chamando-as de "exageradas".

Segundo ele, a Rússia gastou com a organização do evento menos de 500 milhões de dólares (R$ 1, 853 bilhões), um montante adequado tendo em conta a história da Copa. "Não surpreenderemos ninguém com um aumento do orçamento [da Copa]. O valor ficará dentro de $500 milhões", destacou.

A Copa 2018 decorrerá pela primeira vez na Rússia e começará já amanhã (14) em Moscou com o jogo entre a Rússia e a Arábia Saudita. 

Como informou Sorokin, mais de 20 chefes de Estado devem assistir o jogo de abertura da Copa, entre a Rússia e a Arábia saudita.

A partida se iniciará às 18h00, horário de Moscou.

Tags:
compromissos, organizador, Copa do Mundo Rússia 2018, Copa do Mundo de 2018, Aleksei Sorokin, Arábia Saudita, Rússia
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik