10:24 24 Junho 2019
Ouvir Rádio

    Topic

    Mundo

    Indultos de Putin e Poroshenko

    A piloto militar ucraniana Nadezhda Savchenko, que, segundo o inquérito judiciário, no dia 17 de junho de 2014 estava ao serviço do batalhão Aydar perto da cidade de Lugansk, onde realizava vigilância, monitoramento e estabelecimento de coordenadas para bombardeio, na área do posto de controle de milícias independentistas. Neste local estavam civis e, entre eles, três jornalistas da Rádio Televisão Estatal da Rússia (VGTRK). Dois deles, Igor Kornelyuk e Anton Voloshin, foram mortos. Savchenko foi condenada a 22 anos de prisão. Na quarta-feira (25 de maio de 2016), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou o decreto de indulto da Savchenko após um pedido de parentes dos jornalistas. No mesmo dia, Aleksandr Aleksandrov e Yevgeny Erofeev, presos anteriormente em Donbass e condenados a 14 anos de prisão na Ucrânia por terrorismo e indultados pelo presidente ucraniano, voltaram à Rússia.