16:26 20 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil

    COVID-19 no Brasil em meados de janeiro de 2021

    Tendo ultrapassado a marca de oito milhões de infectados e 200 mil mortes, o Brasil ainda não lançou o programa de vacinação, ao contrário de outros países com mesmos números de casos confirmados. Enquanto a média de óbitos mostra os maiores resultados desde agosto do ano passado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil recebeu os documentos para registro de vacinas da farmacêutica chinesa Sinovac e de Oxford/AstraZeneca para uso emergencial. O presidente da República, Jair Bolsonaro, também pediu a entrega urgente de doses da vacina de Oxford encomendadas antes da Índia. Semanas depois de ter sido confirmada no país a presença de uma nova cepa do vírus, pela primeira vez encontrada no Reino Unido, o Japão declarou ter descoberto outra cepa, com origem do Brasil, o que pode significar a presença de mais uma variante do vírus no país, ainda desconhecida.

    Mais