• Forças de segurança fogem após a segunda explosão durante uma série de atentados em Cabul, no Afeganistão
  • Explosão em Cabul, no Afeganistão (foto de arquivo)
  • Membros do grupo radical Talibã (foto de arquivo).
  • Forças de segurança do Afeganistão investigam local de ataque suicida contra mesquita em Cabul
  • Ambulância afegã (foto de arquivo)
  • Um afegão prepara-se para incendiar ópio e narcóticos durante uma cerimônia de queima de drogas na periferia de Cabul, Afeganistão (foto de arquivo)
  • Forças afegãs após um ataque em Cabul
  • Membros de uma facção dissidente dos combatentes do Talibã durante uma patrulha no distrito de Shindand na província de Herat, Afeganistão (Arquivo)
  • Uma mulher chora em um hospital após  ataque suicida em Cabul.
  • Membros do grupo radical Talibã (foto de arquivo).
  • Policiais afegãos no local da explosão ocorrida em Cabul
  • Refugiada síria segurando bebê de dois meses como refugiados e migrantes que partiram do campo de detenção de Chios, e acamparam no porto da cidade, organizando um protesto com seus filhos cantando 'No Turkey', em 3 de abril de 2016
  • Uma mesquita xiita em Cabul depois de ataque contra muçulmanos xiitas, Afeganistão, outubro de 2016 (foto de arquivo)
  • U.S. President Donald Trump gestures as he talks to the media on South Lawn of the White House in Washington, U.S., before his departure to Camp David, December 16, 2017
  • Forças afegãs após um ataque em Cabul
  • Bruce Lee afegão, Abbas Alizadeh
  • Forças de segurança do Afeganistão reagem a ataque extremista no campus da Universidade Americana na capital Cabul
  • Polícia afegã perto do local da explosão, 28 de dezembro de 2017 em Cabul
  • Forças de segurança do Afeganistão investigam local de ataque suicida contra mesquita em Cabul (arquivo)
  • Ex-presidente do Afeganistão, Hamid Karzai