14:44 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    4110
    Nos siga no

    Abolhassan Banisadr, primeiro presidente do Irã após a Revolução Islâmica de 1979, morreu aos 88 anos, informou mídia local.

    De acordo com um comunicado divulgado por sua família, ele faleceu em um hospital em Paris devido a doença prolongada.

    Antes da presidência, Banisadr foi ministro das Relações Exteriores no governo interino formado logo após a monarquia ser abolida no Irã. 

    Banisadr não permaneceu muito tempo no cargo. Em 1981 ele foi alvo de impeachment, supostamente devido a suas políticas liberais e oposição aos clérigos islâmicos. 

    Banisadr, um ativista político que apoiou o aiatolá Ruhollah Khomeini durante a revolução iraniana, foi eleito presidente em fevereiro de 1980 enquanto os clérigos estavam consolidando seu poder à custa de grupos revolucionários de esquerda e nacionalistas.

    Como as tensões aumentaram entre esquerdistas e clérigos, Banisadr foi visto como um político não-clerical leal a Khomeini, mas também apoiando o direito de todos os grupos de atuarem sem obstáculos, escreve portal Iran International.

    Assim que os confrontos de rua entre as forças clericais e os grupos de oposição se intensificaram, Banisadr foi forçado a fugir do país e a viver no exílio em Paris por 40 anos.

    Mais:

    Bennett acusa Irã de tentar dominar Oriente Médio 'sob um guarda-chuva nuclear'
    EUA não descartam 'outras opções' caso diálogo com Irã fracasse
    Atualmente Irã é incapaz de desenvolver armas nucleares, diz chefe da inteligência de Israel
    Tags:
    Irã, presidente, Revolução Islâmica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar