14:33 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    1141
    Nos siga no

    Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou que nos próximos dias mais países vão registrar a vacina contra a COVID-19 Sputnik V.

    Em declaração dada a jornalistas nesta quinta-feira (21), Zakharova também afirmou:

    "Também gostaria de dizer que em 22 de janeiro a Organização Mundial da Saúde começará o processo precedente ao pedido de registro da Sputnik V."

    A vacina Sputnik V já está registrada na Sérvia, Bielorrússia, Argentina, Bolívia, Argélia, Palestina, Venezuela, Paraguai, Turcomenistão, EAU e, obviamente, na Rússia.

    Enquanto isso, nesta quinta-feira (21), o Instituto Nacional de Farmacologia e Segurança Alimentar da Hungria liberou licenças temporárias para a vacina russa e também da empresa britânica AstraZeneca contra o coronavírus.

    Já na Sérvia, foram iniciadas negociações para o início da produção do imunizante.

    "Graças ao presidente [Aleksandar] Vucic, o lado russo respondeu ao nosso pedido para que a vacina russa Sputnik V fosse produzida na Sérvia. Do mais alto nível do governo russo foi dado instrução de encontrar a possibilidade de iniciar a produção desta vacina na Sérvia em curto prazo", disse o ministro sérvio do Desenvolvimento Tecnológico e Inovações, Nenad Popovic, durante coletiva de imprensa hoje.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Vacinação só terá efeito na pandemia após 6 meses, afirma secretário de Saúde de SP
    Rússia confirma que Brasil já está produzindo vacina Sputnik V e que aumentará produção em fevereiro
    União Química: não é necessário o registro da Sputnik V no Brasil para exportá-la
    Tags:
    COVID-19, pandemia, vacina, Sputnik V, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar