12:02 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    2442
    Nos siga no

    Aplicativos de mensagens instantâneas Telegram e Signal receberam milhões de novos usuários após WhatsApp anunciar mudanças em seus termos e condições de uso.

    Quando o assunto trata de privacidade, muitos usuários da Internet tentam buscar soluções para manter seus dados o mais seguros possível.

    Baseado neste sentimento, internautas em todo mundo desaprovaram os mais novos termos de serviço e condições do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp, o qual alertou aos usuários sobre o uso de seus dados para fins não pessoais e o compartilhamento dos mesmos com a rede social Facebook.

    Caso o usuário não aceitasse as novas regras, perdia o acesso a sua conta.

    Mas, pelo que parece, muitos internautas não temeram substituir o aplicativo por outros alternativos.

    De acordo com dados do serviço on-line Apptopia, só na primeira semana deste ano, no período em que o WhatsApp anunciou suas regras, o aplicativo Telegram foi baixado 5,6 milhões de vezes em todo o mundo.

    De acordo com o site Sensor Tower, o aplicativo já conta com 24 milhões de usuários, e recebeu alta máxima de qualidade pela página da web.

    Em uma comparação com o WhatsApp, o Telegram oferece muitas ferramentas semelhantes ao aplicativo pertencente ao Facebook, além de oferecer chamadas gratuitas, compartilhamento de mídia, envio de mensagens em alta velocidade e a difusão de mensagens a um grande número de pessoas.

    O aplicativo também mostra pessoas que estão perto de você, permite chamadas por vídeo e criação de enquetes, dentre outras funções, muitas das quais ausentes no WhatsApp.

    Vale mencionar que a Sputnik Brasil também tem uma conta no Telegram, que diariamente proporciona aos usuários matérias em destaque.

    Outra ferramenta que também tem feito sucesso é o Signal, o qual registrou mais de 7,5 milhões de downloads na App Store e no Google Play.

    O aplicativo também teve sua fama aumentada após o magnata do ramo espacial Elon Musk incentivar o uso do aplicativo em sua conta no Twitter.

    Use Signal

    A busca foi tão grande que o aplicativo apresentou problemas técnicos no envio de códigos de verificação para os novos usuários, segundo publicou o canal de TV CNBC.

    Por outro lado, ainda segundo o Sensor Tower, o WhatsApp apresentou redução de 11% no seu número de downloads nos primeiros sete dias de 2021, em comparação com a última semana de 2020.

    Contudo, de acordo com Adam Blackner, vice-presidente do Apptopia, o número de pessoas que saíram de vez do WhatsApp ainda é pequeno.

    Segundo ele, muitos que estão baixando o Telegram e o Signal continuarão usando o WhatsApp.

    "Até aqueles que estão baixando e usando Signal ou Telegram continuarão a usar o WhatsApp, uma vez que é onde está a maioria de seus amigos e familiares. Eles podem falar com certas pessoas no Signal, mas ainda conversam com suas mães no WhatsApp", declarou Blackner ao canal.

    Mais:

    Internet do futuro: cientistas fazem teletransporte quântico de dados pela 1ª vez a longa distância
    Yuan digital da China e Libra do Facebook: há ameaça para sistema financeiro global?
    Zuckerberg: contas de Trump no Facebook e Instagram permanecerão bloqueadas
    Tags:
    messenger, Facebook, web, Internet, aplicativo, Signal, WhatsApp, Telegram
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar