18:29 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    "Nuremberg. Começo da Paz" é o nome do projeto histórico multimídia da Sputnik e da RIA Novosti dedicado ao 75º aniversário do maior julgamento do século XX. No portal nuremberg.media serão publicados diariamente materiais sobre os julgamentos de Nuremberg, que decorreram de 20 de novembro de 1945 a 1º de outubro de 1946.

    As histórias do projeto serão lançadas tanto em russo, como em alemão, francês e inglês, com o apoio das redações da agência internacional de notícias e rádio Sputnik no exterior.

    A importância dos julgamentos de Nuremberg não pode ser subestimada, eles foram os primeiros na história a reconhecer a gravidade da agressão nazista e tornaram públicos os crimes nazis contra o mundo e a humanidade. Há 75 anos foram estabelecidas as bases da moderna ordem mundial, na qual o conceito de paz se tornou fundamental. Hoje, quando muitos países e continentes sofrem com conflitos políticos e militares, é muito importante lembrar isso.

    O diretor executivo do grupo de mídia Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, fala sobre o novo projeto histórico da Sputnik e da RIA Novosti: "O projeto 'Nuremberg. Começo da Paz' não é outro memorial ou museu para guardar a memória do grande evento. É uma conversa viva com o público na linguagem das novas mídias, é a possibilidade, com o apoio das modernas tecnologias de informação, de entender, compreender, sentir a verdade histórica do julgamento dia após dia, de novembro de 1945 a outubro de 1946."

    Natalia Loseva, editora-chefe adjunta do grupo de mídia Rossiya Segodnya: "Os julgamentos de Nuremberg foram também o primeiro passo ao reconhecimento do genocídio do povo soviético, por isso um dos objetivos principais de nosso projeto é juntar evidências especializadas e documentais desses fatos, fazer este conceito uma constante da avaliação internacional dos crimes nazis e assim restaurar a justiça histórica. Neste projeto, tentamos usar todos os formatos e meios técnicos: durante um ano, os usuários poderão ver o projeto em realidade visual, ouvir podcasts. Pretendemos atingir públicos diferentes e o fazemos em um ambiente ao qual eles estão acostumados."

    Ao longo de um ano, o portal nuremberg.media publicará testemunhos únicos de arquivos e museus, fotografias, desenhos, notícias, dando aos visitantes a oportunidade de "sentir" o processo dia após dia.

    O chefe do projeto, a jornalista e escritora Nataliya Osipova: "Para nós, este projeto é muito pessoal e emocionante. Não é fácil trabalhar nele, cada dia vemos as provas da acusação, aquelas que uma pessoa normal não pode ver e por causa das quais o salão em Nuremberg mantinha silêncio ou se levantava. Um dos jornalistas enviou um telegrama ao jornal: 'Não aguento mais, não há palavras'. Estas palavras explicam tudo. Mas temos de fazê-lo. Este projeto é para a proteção das vítimas e do consenso humanista de Nuremberg."

    No centro do projeto estão testemunhos em primeira pessoa, recebidos dos arquivos russos e estrangeiros que estudam a herança de Nuremberg. Serão completados com exibições, podcasts, public talks e performances. A reconstrução VR única sobre as histórias dos principais acusados também fará parte do projeto. O projeto acabará em outubro de 2021 com a conferência internacional em Nuremberg.

    O projeto é realizado com o apoio dos principais parceiros de informação: canais de televisão Rossiya24 e Moskva24, portal Vesti.ru, estação de rádio FestiFM, site do jornal Komsomolskaya Pravda kp.ru. Os parceiros de informação são as estações de rádio Mayak, Radio Rossii, o site de cinema tvzavr, o Museu Estatal Histórico, o Museu Judaico e Centro de Tolerância.

    O projeto é criado com a participação do Museu de Arte e Multimídia e terá igualmente o apoio do Museu da História Moderna da Rússia, Biblioteca Estatal da Rússia, Museu da Vitória, Museu Central das Forças Armada, Rosarkhiv (Agência de Arquivo Federal), Gosfilmfond (Fundo Estatal de Filmes da Rússia), Teatro Acadêmico de Arte de Moscou Maksim Gorki e do jornal Pravda.

    A RIA Novosti é a agência de informação principal do grupo de mídia Rossiya Segodnya. A agência é a mídia mais citada na imprensa russa e redes sociais. O site RIA.ru é lido diariamente por cerca de quatro milhões e meia de pessoas, o que o torna líder entre todos os portais de notícias na Internet em russo. A rede de correspondentes da agência inclui mais de 100 cidades do mundo. O público total da RIA Novosti nas redes sociais Facebook, Twitter, Vkontakte, Odnoklassniki, Instagram e Youtube é cerca de nove milhões de seguidores.

    Mais:

    Encontrado submarino polonês da 2ª Guerra Mundial cuja tripulação teria desertado (FOTO)
    Navio de guerra nazista afundado na Segunda Guerra Mundial é encontrado na Noruega (FOTOS)
    Achado navio nazista que pode ajudar a descobrir a famosa Câmara de Âmbar (FOTOS)
    Arqueólogos escavam local de enterro de vítimas da Gestapo na Polônia (FOTOS)
    Tags:
    Segunda Guerra Mundial, Nuremberg, história, mídia, projeto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar