22:07 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    Coronavírus no mundo no fim de setembro (49)
    0 163
    Nos siga no

    Quase nove meses após a primeira morte oficial causada pela COVID-19, o mundo passou nesta segunda-feira (28) da marca de um milhão de óbitos causados pela doença.

    O número de casos confirmados da doença está em 33.247.206, segundo dados publicados pela Universidade Johns Hopkins.

    Os cinco países com mais mortes são Estados Unidos, Brasil, Índia, México e Reino Unido.

    A velocidade com que a pandemia vem acelerando chama atenção. O mundo levou seis meses para registrar as primeiras 500 mil mortes causadas pela COVID-19, mas foram necessários somente três meses para registrar as outras 500 mil.

    Até esta segunda-feira (28), segundo dados divulgados pela plataforma do Ministério da Saúde, o Brasil contabiliza 142.058 mortes causadas pelo novo coronavírus e 4.745.464 casos confirmados da doença.

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu o primeiro alerta sobre a doença no dia 31 de dezembro de 2019, após autoridades chinesas terem notificado a circulação de uma pneumonia misteriosa na cidade de Wuhan, com 11 milhões de habitantes.

    A primeira morte causada pelo novo coronavírus ocorreu no dia 9 de janeiro. A vítima foi um chinês de 61 anos que havia sido hospitalizado com dificuldade de respiração e morreu após sofrer uma parada cardíaca.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no fim de setembro (49)

    Mais:

    Média de mortes por COVID-19 no Brasil cai 10,35% em 1 semana
    Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para COVID-19
    COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas
    Pequim pode parar de importar alimentos congelados de países com severa COVID-19
    Tags:
    Universidade Johns Hopkins, casos, Mundo, novo coronavírus, pandemia, vítimas, mortes, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar