22:38 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de agosto (58)
    194
    Nos siga no

    Uma nova teoria sobre o surgimento do novo coronavírus cogita a possibilidade de o SARS-CoV-2 ter surgido há oito anos.

    Segundo publicou o tabloide norte-americano New York Post no sábado (15), o vírus que causa a COVID-19 pode ter surgido entre mineiros na mina de Mojiang, localizada na província chinesa de Yunnan, ainda em 2012.

    O jornal cita um artigo publicado em 15 de julho deste ano em um site independente assinado pelo virologista Jonatham Latham e pelo biólogo molecular Allison Wilson. Ambos acreditam que uma doença pulmonar identificada à época entre mineiros chineses era a COVID-19. Pelo menos três dos mineiros que adoeceram morreram em decorrência da doença.

    Chinesa abaixa máscara para tirar uma selfie, em Wuhan, capital da província de Hubei, na China, 13 de abril de 2020
    © AP Photo / Ng Han Guan
    Chinesa abaixa máscara para tirar uma selfie, em Wuhan, capital da província de Hubei, na China, 13 de abril de 2020

    Ainda segundo o New York Post, os cientistas, que fazem parte da organização sem fins lucrativos "Projeto de Recursos para Biociência", na cidade norte-americana de Ithaca, levantaram a suspeita após a tradução de uma tese de mestrado do médico chinês que tratou os mineiros e que enviou amostras de tecido dos pacientes para testes a um laboratório em Wuhan. A tese teria descrito sintomas encontrados entre os mineiros chineses que são parecidos com os da COVID-19, assim como o tratamento ao qual foram submetidos.

    Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, fala durante conferência em Montevidéu
    © AP Photo / Matilde Campodonico
    Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, fala durante conferência em Montevidéu

    Até hoje, diversas teorias foram levantadas sobre possíveis origens da doença, o que tem gerado tensões políticas. No início de agosto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que coordenará uma investigação internacional junto às autoridades chinesas para identificar a origem do vírus.

    A COVID-19 foi identificada pela primeira vez em dezembro de 2019 na província de Wuhan, na China. Desde então, a doença se espalhou pelo mundo, tornando-se uma pandemia. Até agora, mais de 25,5 milhões de pessoas foram infectadas pelo vírus e quase 773 mil morreram, conforme apontam os dados do painel da Universidade Johns Hopkins.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de agosto (58)

    Mais:

    'Não é daquele outro país': Bolsonaro alfineta China ao exaltar vacina de Oxford contra COVID-19
    OMS coordenará investigação sobre origem da COVÌD-19 com a China
    Após frango com COVID-19, China diz que, por enquanto, não vai restringir importações do Brasil
    Tags:
    EUA, Wuhan, China, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar