00:29 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    Situação do mundo com COVID-19 em meados de junho (50)
    2111
    Nos siga no

    Portadores de coronavírus que muitas vezes chamados assintomáticos podem não notar redução no volume pulmonar e comprometimento de sua função renal, alertou doutorada em Ciências Biológicas.

    Em declarações à Sputnik, Ancha Baranova, professora da Universidade George Mason (EUA), chamou a atenção para o fato de a maioria dos assintomáticos serem jovens, não sendo alvo da devida atenção pelos médicos.

    A bióloga referiu casos em que jovens fizeram uma tomografia computadorizada (TC), por exemplo, ao pâncreas, acabando por lhes serem detectados danos pulmonares.

    "Tudo isso poderia ter sido estabelecido sem uma TC, se tivesse sido usada a espirometria para verificar o tamanho dos pulmões. Se começaram a mirrar, pode ser devido ao coronavírus", afirmou Baranova.

    Contudo, a espirometria, acrescentou, somente seria útil se se tivessem feito tais medições antes da pandemia, permitindo dessa forma comparar o volume pulmonar.

    "Se alguém der positivo para SARS-CoV-2, mas não sentir nenhum sintoma, precisa fazer uma tomografia para ver o que está acontecendo com os pulmões", recomendou a bióloga.

    Segundo Baranova, um paciente infectado com o novo coronavírus pode não notar uma diminuição da função renal. Contudo, isso pode ser determinado através de um exame de sangue por filtração glomerular.

    Alguns trabalhos científicos descreveram o curso assintomático da doença em gestantes, mas após o parto, quando a placenta foi levada para análise, descobriu-se que havia a presença do novo cornavírus SARS-CoV-2.

    Nestes casos, a mulher grávida "não pode ser chamada de portadora assintomática, mas de pessoa com sintomas não diagnosticados", defendeu a bióloga.

    Em sua opinião, mais do que verificar especificamente os sintomas do coronavírus, as gestantes deveriam era procurar – por ser mais seguro – não aumentar o número de contatos.

    Tema:
    Situação do mundo com COVID-19 em meados de junho (50)

    Mais:

    Cooperação na América Latina nos tempos da COVID-19: uma história que nunca começou
    Por que taxa de mortalidade da COVID-19 é dobro do previsto pelos cientistas? Confira razão
    COVID-19 revela sintomas de pancreatite nunca antes vistos
    Tags:
    sintomas, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar