03:46 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)
    0 30
    Nos siga no

    Em uma vila da Indonésia, segundo país com mais mortes na Ásia provocadas pelo coronavírus depois da China, as autoridades locais recorreram a "fantasmas" para manter população confinada em casa.

    Foi a este insólito recurso que, em uma vila indonésia, líderes e autoridades locais recorreram para tentar manter as pessoas dentro de casa durante a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2, relata a Reuters.

    Trata-se de Kepuh, vila situada na ilha de Java, a 80 quilômetros da capital indonésia Jacarta, onde um grupo de "fantasmas" patrulha as ruas na esperança de que a superstição ajude a promover o confinamento à medida que o novo coronavírus se espalha. Para isso, os voluntários pintam o rosto com pó branco e se cobrem com lençóis brancos.

    Voluntários se vestem de fantasmas para assustar moradores e incentivá-los a ficar em casa, na Indonésia
    © REUTERS / Stringer
    Voluntários se vestem de fantasmas para assustar moradores e incentivá-los a ficar em casa, na Indonésia

    "Queríamos ser diferentes e criar um efeito dissuasor porque os pocong [fantasmas] são assustadores", afirmou o representante de um grupo de jovens, que coordenaram a original iniciativa com a polícia. No folclore indonésio, pocong representa as almas aprisionadas dos mortos em nosso mundo.

    Números da pandemia

    Contudo, quando este programa "sobrenatural" foi lançado no início de abril, o seu efeito foi contrário às expectativas. Ao invés de assustar as pessoas, elas saíam de suas casas para ver os "fantasmas".

    Desde então, os organizadores mudaram de tática, optando por lançar patrulhas surpresa. Segundo a Reuters, esta estratégia agora está dando resultados positivos, pois quando o "fantasma" aparece, as pessoas fogem dos espaços públicos e buscam abrigo em casa.

    No entanto, trata-se de uma iniciativa local, pois o governo indonésio tem se mostrado relutante em implementar uma quarentena a nível nacional para impedir a propagação do novo coronavírus.

    Segundo os últimos dados divulgados nesta terça-feira (14), o país tem o maior índice de mortes por COVID-19 na Ásia depois da China, com 459 falecimentos, enquanto o número de infecções confirmadas atingiu 4.839.

    Tema:
    Países combatendo COVID-19 no meio de abril de 2020 (105)

    Mais:

    China aprova testes clínicos de 2 vacinas experimentais contra coronavírus
    Apontada semelhança de ataque do coronavírus e HIV ao sistema imunológico
    Número de infectados por coronavírus no Brasil pode ser 15 vezes maior, alerta grupo de cientistas
    Tags:
    fantasma, novo coronavírus, pandemia, Indonésia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar