00:35 04 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Uma cauda fossilizada de um dinossauro de 125 milhões de anos foi encontrada no fundo de um penhasco na ilha de Wight, localizada na costa sul do Reino Unido.

    Arqueólogos estão escavando a área para recuperar a cauda, que pode ser de um iguanodonte, um dinossauro bípede e herbívoro.

    Entretanto, as escavações estão sendo dificultadas pelo alto risco de segurança, já que o penhasco pode desmoronar a qualquer momento.

    ​A cauda de dinossauro descoberta na ilha de Wight pertenceria a um iguanodonte. 

    Acredita-se que aproximadamente seis vértebras foram encontradas e que antes de ser enterrado por uma suposta inundação, os restos do dinossauro permaneceram no local durante meses, segundo a estação de rádio Isle of Wight.

    "Os ossos estão muito desgastados, o que sugere que o dinossauro morreu e ficou exposto por meses, talvez anos, antes de ser enterrado por uma grande inundação", afirmou Oliver Mattsson, do Centro de Expedição de Dinossauro.

    Estes herbívoros podem atingir mais de 10 metros de altura e pesar mais de quatro toneladas.

    "Os iguanodontes são encontrados em todos os continentes da Terra, e são aproximadamente 55 milhões de anos mais antigos que os triceratops e tiranossauros, dinossauros do Cretáceo na América do Norte", explicou Oliver Mattsson.

    Mais:

    Conheça dinossauro triturador de ossos que trocava de dente a cada 2 meses (FOTO)
    Pesquisadores descobrem o que ajudou dinossauros a suportarem o frio extremo
    Asteroide do tamanho do que exterminou dinossauros poderia novamente impactar Terra
    Tags:
    Reino Unido, dinossauro, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar