15:46 01 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Como a Índia é um dos países com o número mais alto de assédios contra mulheres, um inventor descobriu o método de ajudar as indianas.

    Inventor da cidade de Varanasi, no norte da Índia, Shyam Chaurasia, desenvolveu vários acessórios para mulheres que podem defendê-las de possíveis atentados ou assédio sexual.

    De longe parecem simplesmente sandálias, bolsas e batons, mas de perto esses acessórios do dia a dia femininos contêm umas surpresas.

    Além de uma pistola não letal, há um botão que liga para a emergência por Bluetooth. Em caso de ameaça, a indiana pode muito bem apertar o botão no batom e o Bluetooth transfere a ligação para o número 112, que é o da central de emergências da Índia.

    Segundo nota o inventor, o disparo da pistola é barulhento, o que poderia chamar atenção de quem está passando por perto para ajudar a mulher necessitada.

    Ademais, a mulher pode ganhar tempo antes da chegada da polícia recuando o atacante.

    A ideia surgiu após Chaurasia testemunhar mulheres sendo atacadas. Atualmente, ele está tentando ganhar a patente da sua invenção.

    Mais:

    Internauta inventa vingança atípica para vizinhos que fazem sexo barulhento
    Empresa assegura ter inventado 'capa invisível' capaz ocultar pessoas e regimento de tanques (VÍDEO)
    NASA inventa maneira bizarra de evitar erupção do Yellowstone 'antes de tudo explodir de uma vez'
    Tags:
    tiro, assédio sexual, assédio, atentado, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar