05:21 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    140
    Nos siga no

    O fóssil de um tubarão de 91 milhões de anos, da espécie Cretodus houghtonorum, encontrado no Kansas, integra a lista de descobertas de animais pré-históricos.

    A espécie seria um tubarão, que media aproximadamente cinco metros, preservado em sedimentos depositados em um antigo oceano norte-americano durante o período cretáceo tardio, ou seja, entre 144 a 66 milhões de anos atrás, segundo estudo publicado pela revista Journal of Vertebrate Paleontology.

    ​O fóssil de um tubarão de 91 milhões de anos, da espécie Cretodus houghtonorum, encontrado no Kansas, integra a lista de descobertas de animais pré-históricos. O Cretodus houghtonorum foi um tubarão impressionante de aproximadamente 5 metros de comprimento.  

    Apesar do estado de conservação, o fóssil representa o melhor espécime descoberto na América do Norte a possuir 134 dentes, 61 vértebras, 23 escamas e fragmentos de cartilagem calcificada, que forneceram uma grande quantidade de informações biológicas sobre o extinto tubarão, segundo o portal Phys.org.

    As análises anatômicas do espécime indica que ele era consideravelmente lento e pertencia a um grupo de tubarões chamado Lamniformes, formado pelos tubarões-touro e tubarões-brancos.

    Além disso, as análises também indicaram que o tubarão poderia ter até 6,8 metros de comprimento.

    Mais:

    Que dor: tubarão-branco é flagrado com dente 'pulando' da boca (VÍDEO)
    Tubarão surge 'pegando onda' e interrompe torneio de surfe no México (FOTO)
    Mão é encontrada em barriga de tubarão após banhista desaparecer no Índico
    Tags:
    pré-histórico, arqueologia, arqueólogos, arqueólogo, tubarão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar